Quando o ensino online é melhor do que o presencial?

Em meados de junho de 2012, conversando com um dos diretores do SOS computadores, tive o prazer de compartilhar notícias interessantes sobre o comportamento do povo carioca em relação ao ensino.  A SOS computadores que me refiro é uma unidade espaçosa, letreiro enorme e muito bem localizada, numa área bem nobre da cidade (que decido não citar o endereço).   Ele contou que no ano anterior um número muito grande de pais levavam seus filhos para se matricular em sua unidade.  No entanto esta realidade havia mudado radicalmente.  Ansioso por conhecer as razões deste comportamento, decidiu por conta própria vender apenas um de seus cursos de forma online, se aventurando no Google links patrocinados.  No meio da conversa percebi que ele usou termos como ROI (que é um medidor de retorno financeiro ao capital investido).  Fiquei até meio impressionado quando ele citou sites que eu não conhecia sobre posicionamento de empresas no ranking do Google.

No ano de 2009, procurando por temas variados em EAD, conheço quem descobriu um curso de pós graduação em Direito da Internet na Universidade Unigran (Mato Grosso do Sul).  Foi interessante perceber que em dois anos de pós graduação pessoas de várias partes do Brasil fizeram este curso.  Gigantes universidades como a Fundação Getúlio Vargas e muitas outras acordaram ou estão acordando para o EAD.

Nos últimos meses deste ano de 2012 tenho recebido contatos de empresas farmacêuticas, médicos e pasmem: mega-lojas de venda de móveis!  O interesse destas empresas é quase sempre o mesmo: treinamento de seus funcionários na modalidade à distância. Grandes empresas de vários setores estão abrindo os olhos para a grande economia de tempo e dinheiro com deslocamento de equipe e logística para treinar o seu pessoal. Até empresas de consultoria estão modificando seus treinamentos in company para treinamentos EAD.  São tantas as novidades que até eu fiquei alarmado.

Descubro que EAD está deixando de ser criança no Brasil.

Mas ainda apenas engatinha.

Graças a Deus.

Related Posts

11 comments

  • José Ferreira Názara Junior

    José Ferreira Názara Junior

    Responder

    Ainda acredto que o ensino presencial é melhor em determinadas áreas que seja necessário um ensino mais prático e operacional como o Direito, já nas outras áreas acredito que é uma boa forma de atualização mais rápida e econômica tanto para a empresa como para o profissional

    • Miriane

      Boa Noite ,
      Concordo com seu comentário.
      Acredito que profissões específicas merece presença, outras os módulos poderiam ser virtuais ou Web Aulas, onde o aluno pode ter seu tempo de leitura e entendimento da aula. .

      • Alessandro Marlos

        É preciso ter PERFIL para o aprendizado online. É uma mudança cultural. O aluno focado no ensino presencial costuma usar somente o material didático ofertado durante o curso, não procurando outras fontes de conhecimento. Esta mudança de paradigma costuma ser um impedimento para a entrada do aluno nesta modalidade de ensino!

  • Janaína Millon

    Janaína Millon

    Responder

    De fato Alessandro! A modalidade de EAD não é tão nova quanto imaginamos, se pensarmos que haviam os tele-cursos. Contudo, sua estruturação junto à instituições de ensino (universidades, faculdades), empresas, dentre outras de fato é algo que vem caminhando numa crescente.
    O EAD tem surgido como uma oportunidade de estudo, aprimoramento, atualização, capacitação àqueles que não dipõem de tempo para frequentar uma instituição de ensino mas que, com a flexibilidade que o EAD oferece, isso se torna possível.
    Cada vez mais as pessoas, instituições e empresas têm reconhecido o valor de um curso realizado na modalidade a distânciae creio que, cada vez mais, o EAD vai ganhar espaço.

  • JEFFERSON CANDIDO DOS REIS

    JEFFERSON CANDIDO DOS REIS

    Responder

    O final deste post, mostra exatamente minha opinião “O EAD está deixando de ser criança no Brasil”. É gratificante estar cursando uma pós graduação nesse ramo e conhecer legislação e metodologia desse tipo de ensino que, quebrado os paradigmas, mostra-se ser tão ou mais eficiente que o presencial. Corroborando com essas afirmações, vem a demanda das empresas privadas em profissionais ligados à EAD.

  • cristiane

    cristiane

    Responder

    Quando estiverem com estrutura e organização para dar suporte ao aluno Online.
    A rapidez da informação sem o deslocamento até a aula presencial é uma maravilha.

  • Janaína Millon

    Janaína Millon

    Responder

    Com certeza Jefferson Candido dos Reis, quando se toma conhecimento mais a fundo sobre o EAD, vê-se que em termos de qualidade de ensino, não perde para o presencial. Conhecendo as outras faces do EAD que envolvem desde a criação de um curso EAD, até os profissionais envolvidos e a própria proposta pedagógica, acabamos quebrando paradigmas que estão associados a modalidade de ensino a distância.
    É bom ver que o EAD está crescendo e conquistando espaço!

    • Edmundo R. Rosa

      Edmundo R. Rosa

      Responder

      Além das facilidades providas pelos seus avanços tecnológicos, a EAD oferece algo que organização nenhuma recusa: redução de custos. Ainda que a implantação de um programa desses possa ser cara, a quantidade de funcionários que o curso consegue atingir faz com que os gastos se diluam na escala, além de eliminar despesas de deslocamento e de hospedagem, comuns em treinamentos presenciais. Como se não bastasse, muitas vezes os trabalhadores/alunos podem fazer as atividades fora do horário de trabalho, garantindo a produtividade.

      • Janaína Millon

        Janaína Millon

        Responder

        De fato Edmundo! A questão da redução de custo, a economia que gera ao aluno e a facilidade e liberdade nos horário de estudo, faz com que o EAD seja uma boa opção em vários setores como, por exemplo, treinamentos de empresas.

    • Alessandro Marlos

      Ainda há falta de profissionais de ensino a distância, sem dúvida. Há uma inundação de cursos online, mas não significa que estão sendo desenvolvidos por profissionais da área.
      Ainda.

Trackbacks & Pingbacks

Leave your reply

*" value="" aria-required='true' />
*" value="" aria-required='true' />