Cursos presenciais no Ministério do Exército em 1993 X Cursos presenciais/online em 2013

Cursos presenciais no Ministério do Exército em 1993 X Cursos presenciais/online em 2013

Cursos Presenciais há 20 anos atrás. Cursos online hoje.Exército

Cursos no ExércitoEm 1993 fui oficial do Exército, lotado no Centro de Informática n 1, Ministério do Exército – Rio de Janeiro.  Era um oficial temporário, ou seja, era militar, mas tinha contrato de trabalho e este era renovado ou não, dependendo de uma série de fatores.

O meu contrato de trabalho foi renovado algumas vezes e lá fiquei por 4 ou 5 anos.  Eu era muito novo e inexperiente, embora achasse que sabia demais (como qualquer jovem que se preze).

Certo dia, pela janela de um escritório, eu e mais dois jovens tenentes observávamos um major debruçado no micro computador. Ele e um colega estavam aprendendo a configurar o idioma do teclado no Windows 3.1 no PC 486 da sessão.  Cada um devia ter uns 45 anos, acredito.

Pensamos: “Velhos…”

Lembro que algumas vezes éramos intimados a ministrar aulas de certo software para o curso de Analistas de Sistemas do Exército. O software era o “Open Access”.

Oficiais superiores (majores e Coronéis) vinham de todo Brasil até o Centro de Informação (C.I.) do Exército para receber treinamento de tenentes R2 com estabilidade profissional e maturidade suspeita.

Ah! Lembro nitidamente que tinha avaliação de conhecimento.  Ou seja, o oficial superior que conhecesse pessoalmente o chefe da nossa sessão tinha notas mais altas.

Fazendo um paralelo com a década de 90,  percebo que minha empresa tem pessoal habilitado para fazer um planejamento de ensino e transformar um curso presencial em online.  Eu mesmo consigo configurar uma plataforma EAD personalizada independente da complexidade e número de alunos (pós graduação, cursos preparatórios, etc).  O mercado hoje tem empresas assim.

Semana passada descobri um aplicativo no Facebook e justamente quando pensava estar diante da 8a maravilha entendi que a jornalista de 22 anos que trabalha comigo já sabia da “novidade” há muito tempo.

Vislumbrei aquele major através de uma janela e pensei:

Meu Deus… Será que estou ficando velho?

Related Posts

0 comments

Leave your reply

*" value="" aria-required='true' />
*" value="" aria-required='true' />